O excesso de colesterol LDL (mau colesterol) é um dos maiores inimigos da nossa saúde cardiovascular, pelo que é fundamental cuidar da nossa alimentação e estilo de vida para que não suba a níveis perigosos.

Veja abaixo uma lista de alimentos que o canal minas saúde indica que você pode colocar em sua dieta no dia a dia para melhorar sua saúde.

Aveia

A aveia é um cereal muito versátil, que além disso, ajuda a reduzir o colesterol. Por quê?” você pergunta. Pois bem, a aveia contém fibras solúveis, que pode absorver a água, toxinas e colesterol ruim, para excluí-lo do corpo. Trata-Se de um dos alimentos mais saudáveis que podemos tomar, especialmente para o pequeno-almoço. Não só nos ajuda a controlar e reduzir o colesterol, também fornece energia, proteínas e regula a quantidade de açúcar no sangue.

Consuma aveia em flocos prepara biscoitos saudáveis com sua farinha para levar uma dieta mais equilibrada.

Berinjela

A berinjela é um dos vegetais mais nutritivos que podemos comer. Quando chegou à Europa foi demonizada, já que não deve ser consumida crua, mas depois de aprender a cocção, não abandonou as receitas mais deliciosas de nossas cozinha. E com razão!

A berinjela não só é rica em fibra, como qualquer vegetal, também tem um efeito colagogo, que ajuda a expelir a bile, substância rica em colesterol. Essas características tornam a berinjela em um dos ingredientes para incluir em uma dieta para combater o excesso de colesterol.

Frutos secos

Apesar de parecer contraproducente, os frutos secos, especialmente as nozes e as amêndoas, são alimentos fundamentais para o controle do colesterol na dieta. Trata-Se de alimentos ricos em omega 6, um tipo de gordura saudável, o que contribui para o correto funcionamento de nosso corpo.

Algumas sementes, como é o caso da de linho, compartilham as mesmas propriedades, por isso aconselhamos que se consumam com moderação isoladamente como acompanhamento em iogurtes, purês e saladas.

Chá mate

Este superalimento é fundamental para uma dieta saudável. O chá mate é cheio de antioxidantes e protege a saúde cardiovascular. Você pode tomar em infusão, acompanhado com leite e adicioná-lo em receitas como bolos biscoitos. É delicioso e muito saudável!

Sementes de chia

 

A chia é uma semente rica em fibras, ômega 3 e ajuda a depurar o organismo. Por isso, este superalimento será fundamental para levar uma alimentação mais saudável e reduzir o colesterol. Consumi-la acompanhando iogurtes para biscoitos caseiros e saudáveis bem, fazendo um pudim. Você vai adorar!

Aceite de oliva

O óleo de oliva, especialmente se escolher a opção extra-virgem, é um alimento muito saudável, como Lineshake. Consumido com moderação e, de preferência, em estado bruto, o azeite ajuda a reduzir o colesterol LDL sem, por isso, afetar a presença do colesterol HDL, “bom”, no nosso organismo.

Alcachofa

A alcachofra pode ser consumido em forma de alimento em infusões para baixar o colesterol. Não só é indispensável pelo seu alto conteúdo em fibra e antioxidantes, também contém luteolina, um flavonoide que previne a formação de colesterol.

Quinoa

 

A quinoa é uma semente que chegou a nossa dieta para ficar. Considerada sagrada pelos Astecas, este alimento contém um grande número de nutrientes e benefícios que o tornaram um dos indispensáveis em uma dieta de emagrecimento e tratamento da hipercolesterolemia. Não contém colesterol, o que não contribuirá para o contínuo aglomerado desta substância em pessoas que têm alto. Além disso, é uma fonte de fibras, baixa em calorias e rica em proteínas, e por isso passou a ser um dos alimentos mais saudáveis para cuidar da saúde.

Trigo sarraceno

O trigo sarraceno é um pseudo-cereal rico em fibra que ajuda a manter os níveis de colesterol dentro dos parâmetros normais. Pode ser consumida na forma de grãos, na forma de farinha de massas, acompanhado com uma porção de legumes e um toque de azeite de oliva. Um prato anti-colesterol perfeito!

Cúrcuma

A cúrcuma tem propriedades cardiovasculares. A curcumina, substância que contém a raiz, não só ajuda a diminuir o colesterol ruim no organismo, também ajuda a melhorar a saúde arterial, pelo que o seu consumo moderado e regular pode cuidar do nosso coração. Também pode consumir-Se através da comida, como tempero, em infusões.