Como Medir a Temperatura do Pet?

Quando temos um cachorro em casa, sabemos que durante os dias podem surgir alguns problemas de saúde, visto que o pet sempre estará exposto a agentes externos que podem fazer mal a ele. Assim como nos seres humanos, um dos primeiros sinais de que o cachorro não está bem, é quando ele sente febre. Por isso é importante ficar atento à temperatura corporal do seu animal de estimação.

temperatura do pet

Segundo especialistas, em geral a temperatura dos cachorros é maior do que a dos seres humanos. Um termômetro que mede 39 C em uma pessoa já pode ser considerado como estado febril. Entretanto, nos bichinhos esse número já é normal, os cães podem variar suas temperaturas entre 37,5 a 39,5 C. Então se ele brincou bastante a temperatura pode aumentar, mas depois de um período de descanso, ela voltará ao normal.

Como descobrir se meu cão está com febre?

Possivelmente, se ele estiver doente, ficará cabisbaixo e triste, sem querer brincar. Consequentemente o apetite vai sumir e os olhos começarão a lacrimejar. Neste sentido, a melhor maneira de medir a temperatura do pet é com um termômetro. Em seres humanos, a maneira mais fácil de medir é colocando o objeto na axila ou na boca. Já nos animais, é via retal, por isso, vale a pena olhar para saber a forma correta.

Com ajuda de alguém, mobilize o cão em pé, logo em seguida, peça para que a pessoa o distraia e ao mesmo tempo segure a cabeça do animal, enquanto você realiza o procedimento;

Pegue o termômetro e se o mesmo for de mercúrio, chacoalhe até que a temperatura chegue a 35 C;

Lubrifique bem a ponta com óleo mineral ou vaselina

Segure a cauda do bichinho e coloque o termômetro no ânus, deixe por três minutos.

Após esse tempo, tire o instrumento, faça a higienização e veja qual a temperatura o mesmo atingiu.

Sempre faça a limpeza com álcool para evitar a proliferação de germes e bactérias.

Interpretando a temperatura do pet

Depois que medir a temperatura, é fundamental que você compreenda a hora certa de leva-lo ao veterinário. Algumas doenças podem vir com a febre, e elas podem ser causadas por vírus e bactérias, como a leishmaniose, lepstopirose e até mesmo a raiva, sabia disso? Também pode ser alguma reação do organismo a algum tipo de infecção, um ferimento não cicatrizado ou má alimentação, por exemplo.

Imprescindivelmente é preciso levar o bichinho a um veterinário. Só ele poderá diagnosticar o que se passa com ele. Então observe abaixo em quais casos você precisa leva-lo.

Menos de 35 C, Emergência (Aqueça o Pet). Leve-o no veterinário imediatamente;

De 35 a 37 C – Hipotermia leve, encaminhe o pet ao veterinário no mesmo dia

37,5 C – Temperatura normal

38 C – Temperatura normal

39 C – Temperatura normal

39,5 a 40,5 C – Febre alta – Leve o bichinho ao veterinário

41 C ou mais –  Emergência, resfrie o pet e leve-o imediatamente ao veterinário.

Providências

Independente de qual seja a temperatura do pet, é importante que você cultive o hábito de levar seu bichinho a um especialista regularmente. Os exames sendo realizados de forma rotineira, levarão você a ter menos preocupações com o estado de saúde dele. Aqui explicamos sobre a importância de uma dieta balanceada, com produtos frescos e naturais.  Eles garantem uma fortificação no sistema imunológico que auxilia na prevenção de doenças, entre muitos outros benefícios.

É essencial que você fique de olho no comportamento do seu bichinho. Qualquer sinal de febre pode ser perigoso, até porque se a temperatura corporal dele está alta, é porque alguma coisa não está funcionando bem.

Entre todas essas dicas que demos, o principal é você conhecer seu bichinho e também auxiliá-lo a adquirir hábitos saudáveis, que possam auxiliar em seu desenvolvimento e bem-estar ao longo dos dias. Reduzindo assim o risco de doenças mais sérias.

Agora você já sabe como medir a temperatura do seu pet e o que precisa fazer se os níveis de temperatura estiverem acima do normal! Fique ligado e não se esqueça que realizar esse procedimento com frequência, te trará menos preocupação em relação ao seu bichinho.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *