Nos dias de hoje, é comum ouvir falar em produtos milagrosos contra o envelhecimento, não é mesmo? Mas, na maioria das vezes, eles são caros e, o pior, não funcionam da forma como deveriam.

Sendo assim, por que não investir na alimentação para atingir esse objetivo? Existem grupos de alimentos ricos em antioxidantes que realmente podem fazer a diferença. 

Além dos antioxidantes, que são compostos capazes de proteger as células contra o envelhecimento, combatendo a oxidação e a inflamação, esses alimentos normalmente possuem uma grande quantidade de vitaminas e minerais, os quais também contribuem para manter a aparência mais jovem, além de ajudarem na saúde como um todo. 

Tendo tudo isso em vista, aumentar a ingestão desses alimentos é de suma importância para combater cada vez mais o envelhecimento. Mas, afinal, quais são esses alimentos? Continue a leitura e confira!

Veja também: Como reverter diabetes tipo 2 naturalmente 

alimentos anti envelhecimento

alimentos anti envelhecimento

Alimentos ricos em antioxidantes

Um bom alimento para combater o envelhecimento, normalmente, contém vários compostos antioxidantes.

Existem alguns, por exemplo, que até têm antioxidantes, no entanto a quantidade é baixa e por isso eles não são tão bons para esse objetivo.

Veja a seguir quais são os principais alimentos nesse sentido: 

1. Vitamina C

Sim, grande parte dos alimentos que contém vitamina C são ótimos contra o envelhecimento, isso porque eles ajudam na formação de colágeno e contribuem com a imunidade também. A vitamina C é muito usada para a produção de glutationa, outro grande antioxidante.

Portanto, comece a consumir mais alimentos que sejam ricos em vitamina C como, por exemplo, batata doce, espinafre e brócolis.

Às vezes é difícil conseguir a quantidade suficiente de vitamina C por meio da alimentação, por isso o recomendado é tomar suplementos para ajudar. 

2. Vitamina E

Assim como a vitamina C, a vitamina E também ajuda nesse processo, principalmente por ser um antioxidante lipossolúvel capaz de proteger as gorduras das membranas celulares contra a oxidação e possíveis danos.

Além disso, essa vitamina também possui um papel muito importante para proteger a sua pele dos envelhecimentos provenientes da exposição aos raios UV.

Para aumentar a quantidade da vitamina no organismo é necessário consumir mais azeite, sementes e nozes.

Você também pode gostar: Como reverter diabetes

3. Coenzima Q10

Para finalizar, a Coenzima Q10 é outro antioxidante muito importante produzido pelo corpo a fim de proteger todas as membranas celulares. Suas habilidades antioxidantes tornam necessário a comunicação celular, a formação de ATP e a função mitocondrial.

Vale ressaltar que níveis baixos de CoQ10 estão associados a uma série de doenças crônicas, incluindo doenças neurodegenerativas, musculares e cardíacas, bem como diabetes e câncer. A CoQ10 também ajuda a reabastecer outros antioxidantes, mantendo você jovem.

O problema é que à medida que você envelhece seu corpo não consegue mais converter tão bem a CoQ10 em sua forma ativa, a ubiquinona, então comece a ingerir suplementos ou alimentos ricos em ubiquinona, como peixes mais gordurosos, por exemplo.

Leia mais: https://blog.ligadasaude.com.br/diabetes-tem-cura/ 

Portanto, esses são os principais alimentos que ajudam a combater o envelhecimento.

Começar a incluí-los em sua dieta é o primeiro passo para enxergar os resultados a médio e longo prazo.