Você sabe o que é a síndrome do túnel do carpo? Bom, nesse artigo, falaremos em detalhes sobre o que é essa doença e o que você pode fazer para tratar desse problema de saúde.

A síndrome túnel do carpo é uma doença periférica do cérebro. Sua causa é a compressão do nervo mediano.

Quando esse nervo passa por um canal localizado no punho, chamado de túnel do carpo, a doença se torna um problema.

A doença é muito comum para as mulheres que possuem entre 30 e 60 anos, podendo ser bilateral em 50 e 60% dos casos.

Síndrome Túnel do Carpo

Quais as causas da síndrome túnel do carpo?

Essa doença é comumente identificada em consultórios de ortopedia e, apesar da relação clínica normalmente observada nos consultórios, as evidências científicas são problemáticas.

Não existem fatores estabelecidos com causadores desta doença. Os cientistas têm estudado a relação do uso excessivo de computador com este problema de saúde, mas não existem evidências que possam provar isso.

A principal ligação do uso de computadores com as especulações da causa da doença são principalmente as dores causadas nas mãos e punhos, mas nada que que tenha sido provado.

A gravidade da Síndrome do Túnel do Carpo pode ser tão grande que pode até mesmo gerar direito à aposentadoria no INSS, conforme demonstrado neste artigo sobre a aposentadoria síndrome Túnel do Carpo.

Assim como o Câncer, muitas pessoas acometidas desta enfermidade precisam procurar urgentemente um tratamento médico.

Relação do túnel do carpo com o LER

A síndrome do túnel do carpo tem relação direta com o LER, a lesão por esforço repetitivo, a grande porta para que a doença se instale.

O excesso de esforços repetitivos para digitação, toque de instrumentos e outros causam esse problema.

Existem também as causas traumáticas, como quedas e fraturas, artrites, problemas hormonais, diabetes e tumores, possíveis causadores da Síndrome do Túnel do Carpo.

Principais fatores de risco para a síndrome do túnel do carpo

Entre os fatores de risco, aparecem a anatomia do corpo do paciente. A fratura de punho ou deslocamento do mesmo, podem alterar o espaço dentro do túnel do carpo, criando uma pressão diferente no nervo mediano.

A síndrome do túnel do carpo é mais comum nas mulheres. O motivo tem a ver com o corpo masculino: a área do túnel do carpo é menor, o que determina um espaço onde pressões anormais serão menos frequentes, por falta de espaço.

A qualidade do de saúde do nervo também tem ligação com a doença. Problemas nos nervos podem surgir com a diabetes, por exemplo.

Inflamações nas articulações, como artrites, podem afetar os tendões do pulso. A retenção de líquidos (comum na gravidez e menopausa) podem ajudar a aumentar pressão dentro do túnel do carpo, causando irritação no nervo mediano.

Sintomas e tratamento para a síndrome do túnel do carpo

Você pode ser portador da síndrome do túnel do carpo se apresentar os seguintes sinais:

  • Dormência e/ou formigamento no polegar e dos dois dedos seguintes;
  • Dormência e/ou formigamento na palma da mão
  • Dores na mão até o cotovelo;
  • Dores no punho ou mão;
  • Problemas de coordenação motora em uma das mãos;
  • Desgastes do músculo do polegar;
  • Problemas para carregar bolsas;
  • Grande fraqueza em uma ou ambas as mãos.

A dor normalmente é mais forte à noite, quando o paciente poderá até acordar com os sintomas.

Para o tratamento, busque uma clínica médica, um reumatologista ou um ortopedista. Esteja preparado para responder sobre as dores que sente nos braços, mãos, antebraço e punho.