Tratamento para colesterol elevado

O seu peso atual – tal como os seus atuais hábitos alimentares – é um resultado artificial da evolução social. Para conseguir retornar ao seu peso (ideal) natural, deve adotar uma dieta natural e nesse percurso, fazer com que o metabolismo se atrase em relação ao estado natural de atividade.

Mantenha esta ideia presente quando ler o plano de ação de hoje – cada etapa aqui delineada, da preparação à execução, tem em vista fazer o seu corpo retornar ao peso natural.

Vamos lá começar …

O Que Necessito Ter Para Começar?

Nada!

É verdade; não necessita ter nada (seja uma situação ameaçadoramente grave por causa do seu peso ou um problema de saúde que obrigue a perder peso) e de certeza não precisa “deixar que algo lhe aconteça” antes de começar a perder peso.

Não precisa de arranjar desculpas se perder a embalagem e voltar outra vez aos “maus hábitos alimentares”. Não necessita de encontrar uma “justificação” como um casamento próximo ou as mudanças de estações (início do verão e o desejo de aparecer na praia com o corpo mais esbelto) para voltar de novo ao bom caminho.

De facto, sugeria que esquecesse de vez a ideia associada à necessidade de perder peso e se mentalizasse para estabelecer um compromisso forte em recuperar o seu peso natural. Faça uma escolha consciente do que precisa ter para construir um estilo de vida saudável, e certifique-se de que seguirá para sempre este plano de ação.

Objetivos para Reduzir Peso

montando dieta

A maioria das pessoas cometem o erro de escolher objetivos irrealísticos para perder peso – como resolver perder 2 quilos ou mais numa semana, escolhendo “como peso ideal” um valor significativamente inferior ao seu “peso natural”. Em vez disso, cinja-se a um objectivo realista, tal como 1 quilo por semana, de modo a que possa perder peso definitivamente comendo bem e não se sacrifique passando fome.

As dietas podem surgir anunciadas através de uma propaganda atrativa quando lhe dizem que pode perder vários quilos por semana, mas tenha em atenção que quase sempre, o exercício é a única ferramenta que pode usar como ajuda para perder mais de 1 quilo por semana (sem exageros de privações). Logo que pare de se exercitar, recupera de imediato o peso.

O exercício, como já afirmei anteriormente, é ótimo para a sua saúde, mas requer força de vontade e produz um efeito maior se o puder integrar na sua rotina diária. Contudo, no que diz respeito à perda de peso (tratando-se de perda de peso permanente), esqueça o exercício e concentre-se em objetivos realísticos, a longo prazo.

Perder 1/2 quilo por semana significa dizer que queima 3850 calorias – aproximadamente 550 calorias por dia. Conseguir uma queima superior (900 g. por semana exigem-lhe que perca 990 calorias por dia) provocar-lhe-á uma tensão enorme no corpo – especialmente se para perder essas calorias extra tiver de comer menos (enquanto programa o seu corpo para um consumo superior de calorias). Se o seu estilo de vida for moderadamente ativo, pode tentar perder 1 quilo por semana – contudo para a maioria das pessoas, 1/2 quilo por semana levá-las-á ao caminho seguro e permanente para a perda de peso.

Claro que também pode querer considerar quais são as suas maiores motivações para perder peso (a minha sempre foi conseguir uma saúde melhor, mas isto é sempre um caso pessoal) – desde que as suas motivações sejam a longo prazo, isso pode ajudar ao progresso mesmo que se sinta tentado de novo a voltar a comer quantidades disparatadas de alimentos.

Apliquemos os números:

Para calcular as suas necessidades diárias de calorias (e saber assim quantas calorias precisa consumir diariamente para perder 1/2 quilo por semana), utilize a seguinte informação:

  • Sexo
  • Idade
  • Altura
  • Peso

Nível de atividade diária (sedentário a muito ativo)

Uma vez da posse destes dados, introduza-os numa calculadora de calorias grátis para conhecer um valor aproximado de quais as calorias que necessita ingerir diariamente. Depois, abata 550 ao resultado encontrado (se o seu objectivo for perder 1/2 quilo por semana) e encontra a quantidade diária “de calorias aconselhadas”.

Use esta calculadora (http://www.am-i-fat.com/calmaintain.html)

Escolha Uma Dieta

Na sessão 5, falamos de dois tipos de dietas (baixas em hidratos de carbono e ricas em proteínas) que pode adotar dependendo de como for a atividade diária da sua vida. Agora, depois de ter esboçado os objetivos pessoais para a perda de peso, é altura de decidir qual a dieta que deve seguir. Isto é muito fácil – se a sua rotina diária for ativa (como referência, se jogar diariamente qualquer desporto, fizer exercício ou se o seu trabalho envolver muito esforço manual, a sua rotina considera-se como razoavelmente ativa), escolha uma dieta rica em proteínas. Se for como a maioria de nós (levar uma vida sedentária ou inativa), então escolha uma dieta baixa em hidratos de carbono.

Um outro aspecto a considerar na escolha da sua dieta é o número de refeições diárias. Como regra geral, sugeriria que começasse com 4 refeições diárias [3 refeições regulares (pequeno almoço, almoço e jantar) e um snack entre o pequeno almoço e o almoço]. Um plano de 4 refeições está na base de tudo o que falamos quanto a sobrecarregar o seu metabolismo. Comerá mais frequentemente, comerá menos por refeição e acima de tudo comerá menos globalmente, fazendo com que o seu metabolismo acelere simultaneamente QUANDO come menos – um impacto a dobrar na nossa equação básica e também no seu peso.

Um Plano Semanal

O passo final no plano de atuação é traçar individualmente um mapa semanal. Isto passa por escolher um conjunto de receitas (baseadas na escolha da sua dieta) para todas as 4 refeições diárias e repetir o processo em cada dia da semana.

Não deixe que seja a sua saúde a impor-lhe a tomada de decisões de última hora quanto à sua alimentação. Um componente crítico de ambas as dietas já referidas é a seleção dos alimentos e as receitas específicas de cada dieta em termos do índice de calorias E da mistura hidrocarbonatos proteínas. Planeando com antecedência e certificando-se da escolha correta das suas receitas selecionadas (de modo a que as possa comprar com antecedência), garantirá que tem sempre algo “como guia” para se manter no trajeto correto para a perda de peso, com um formulário completo para um plano semanal detalhado incluindo não apenas o que comer, mas quando comer e como preparar a comida.

O plano alimentar é o vértice destes 7 Dias Para Perder Peso Definitivamente mas na realidade, é uma parte de um todo – sem a perspectiva exata da dieta natural e sem adotar uma dieta agradável para perder peso como um sistema impulsionador do seu metabolismo, não poderá conseguir perder peso permanentemente.

Para começar este projeto, necessita apenas de duas coisas:

  • Um conjunto de receitas para as suas dietas
  • Um plano semanal para as refeições diárias

Além disto, é tudo uma questão de escolher as receitas de acordo com as combinações adequadas dentro da quantidade calórica aconselhada (mantendo sempre em mente as calorias que tem de queimar diariamente e não comendo demasiado ou de menos).

E quase que me esqueci de mencionar a melhor parte deste programa – uma vez que consiga perder peso com este sistema, poderá usá-lo para manter um estilo de vida muito saudável, comendo apenas o equivalente diário da quantidade de calorias aconselhadas.

Antes de acabarmos

Há muito tempo já, que tenho usado pessoalmente este sistema para perder peso e manter o meu “peso natural” e comer saudavelmente (embora o tenha modificado ligeiramente porque me exercito com regularidade).

A única dificuldade que tive no início foi a seleção de receitas – quis ter a certeza de que comeria algo bem saboroso para me aligeirar o caminho. Acabei por conseguir recolher bastantes receitas logo de início, auxiliando-me a começar o processo já preparado para algumas semanas sem ter de repetir nenhuma refeição semanalmente. A variedade da minha dieta foi um fator essencial que contribuiu para me manter envolvido no processo, através do planeamento prévio de uma semana completa.

Esperamos que tenha aproveitado estas sessões para se mentalizar para a necessidade de construir hábitos alimentares saudáveis, não apenas na óptica de perder peso mas visando transformar o seu estilo de vida.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *